2 de fev de 2012

COMEÇA ASSIM...


Fiquei esperando uma boa história para começar o ano. Quando vi, já era dia 2 de Fevereiro e nada... Dava para ouvir os grilos: cric, cric, cric. Foi quando me dei conta de que nenhuma história seria tão perfeita, nenhuma palavra tão poética, nenhum conto tão verdadeiro para iniciar um ano. Com isso, pensei em mentir. Ia inventar uma história mirabolante. Cheia de ação. Porres homéricos. Pessoas nuas. Garrafas espalhadas... Mas me sentiria saindo direto de um conto do Bukowski e isso, não precisa mais ser contado.

Como não havia nada de novo, achei que era uma boa hora para desejar:

Eu desejo a vocês a vida. Desejo que ela seja ainda mais viva. Desejo que as quedas sejam amortecidas e que não haja mais dor. Que o amor vença todas as paradas e o ressentimento seja riscado do dicionário. Desejo dias ensolarados e dias alegres de verão. Que a vida a partir de agora, tenha gosto de Chicabon. Desejo noites agitadas, para dias felizes e uma vida repleta de paixão.

Que comece o ano e com muito rock and roll.

Abraços,
Miss J.